Programa Integrado de Policiamento de Proximidade

P.I.P.P.

Directiva Estratégia n.º 10/2006 de 15 de Maio, relativa ao Programa Integrado de Policiamento de Proximidade (PIPP), operacionalizou os objectivos definidos no Programa do Governo e sistematizou mecanismos de articulação entre as valências de prevenção da criminalidade e policiamento proximidade e as valências de ordem pública, investigação criminal e informações policiais.

Este Programa visa uma ampliação da actuação policial em articulação e colaboração directa com a comunidade, no âmbito da resolução da pequena e média criminalidade, na prevenção de crimes e incivilidades, causadores de desconforto e do sentimento de menor segurança da população.

Os Agentes Policias que exercem funções no âmbito do Policiamento de Proximidade estão mais próximos da população, nomeadamente daqueles mais frágeis e carenciados (crianças, jovens, idosos, habitantes de bairros problemáticos, etc.) e conhecem as fragilidades, necessidades e as potencialidades do meio.

Com a Directiva Estratégica n.º10/2006 de 15 de Maio foram criadas formalmente as Equipas do Programa Escola Segura (EPES) e as Equipas de Proximidade e de Apoio à Vítima (EPAV).

As Equipas do Programa Escola Segura (EPES) têm por funções garantir a segurança e vigilância nas áreas escolares, prevenção da delinquência juvenil, detecção de problemas que possam interferir na situação de segurança dos cidadãos e a detecção de cifras negras no seio das comunidades escolares.

As Equipas de Proximidade e de Apoio à Vítima (EPAV) são responsáveis pela segurança, em cada sector da área da sua de responsabilidade e, de acordo com o diagnóstico de segurança efectuado em cada Comando: pela prevenção e vigilância em áreas comerciais, vigilância em áreas residenciais maioritariamente habitadas por cidadãos idosos, prevenção da violência doméstica, apoio às vítimas de crime e acompanhamento pós-vitimação, identificação de problemas que possam interferir na situação de segurança dos cidadãos e pela detecção de cifras negras.

Com o decorrer do Programa de Policiamento de Proximidade as Juntas de Freguesia, constituíram parcerias informais com a PSP, trabalhando sempre em conjunto e com o intuito de melhorar a qualidade de vida da comunidade e colaborando activamente em todos os projectos, quer da sua iniciativa quer os propostos pela PSP/PIPP.

Deixamos aqui o exemplo da parceria entre a Junta de Freguesia de  Benfica e a 20 Esquadra de Policia de Lisboa, quem sabe se a nossa freguesia não segue o exemplo.

O Executivo da Junta irá formalizar o protocolo com a 20ª Esquadra da PSP (Benfica), com o objectivo de integrar no seu plano de actividades para a segurança o Programa Integrado de Policiamento de Proximidade (PIPP). Neste momento a Freguesia de Benfica, já conta com dois Agentes de Proximidade.

About these ads

Uma resposta a Programa Integrado de Policiamento de Proximidade

  1. Mr Ndalla diz:

    de facto trata-se de um sistema de policiamento muito eficiente, tendo em conta a dinámica do mundo actual. E tem que ser mesmo assim em todo mundo policial, “Polícia sem aderência Popular é igual a insegurança social.

    Para frente é o caminho, sugeria que ensinassem os paises não abalisado na matéria, pois a polícia no mundo tem uma função igual, prevenir e reprimir a criminalidade como atribuotos mais relevantes.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: