Reunião UPAL /CML e AMBCV Lumiar

 

A AMBCV Lumiar reuniu hoje dia 28 de Abril de 2010, pelas 18:30, com a Sr.ª Arq. Ana Cristina Coelho, actual Directora Municipal da Unidade de Projectos do Alto do Lumiar e com Arq. Teresa Belmonte Travassos, na sede da AMBCV Lumiar sito na rua Maria Carlota nº 6 Loja.

Após a devida apresentação nos novos membros dos corpos sociais da AMBCV Lumiar, a ordem de trabalhos, basicamente consistia, em manifestar uma vez mais as graves necessidades que este bairro apresenta, no âmbito das acessibilidades, quer ao nível pedestre, quer ao nível das vias de acesso automóvel.

Esta reunião não foi apenas de gabinete, viemos para a rua conhecer alguns locais chave dos problemas sentidos pela população, nomeadamente o Pátio do Piçarra, estrada Torre 134, regista-se ainda a necessidade de realojamento de duas famílias que ainda se encontram no pátio, a necessidade de demolição de um núcleo de habitações em alvenaria contigua a este espaço, antigo nº 132; outra necessidade é melhorar a segurança dos peões, junto a este estrangulamento, não esquecendo passagem pedestre para a estrada da Torre, junto aos pavilhões devolutos a necessitarem de serem demolidos. (antigo Castanheira de Moura).

Na continuação da visita ao bairro, outro ponto de paragem Malha 14, perto da escola básica 91, existe a necessidade Urgente de abertura da via ligação ao Lumiar centro, num ano em que falamos bastante em mobilidade, este é para a AMBCV Lumiar um ponto importante de abertura.

Vice-Presidente da AMBCV Lumiar, Sr. Luís Casimiro manifestou a necessidade de uma ligação pedestre, ao parque Oeste à rua Maria Margarida, com a colocação de redes de protecção à obra e com actual construção na envolvente, não permite essa ligação directa ao parque. Ficando o que é perto, ainda bastante afastado.

Terminamos a visita pelas 20:30, na rua Pedro Queirós Pereira, uma vez mais as acessibilidades, neste caso os acessos aos lotes 20 e 21 da referida artéria, sabemos que não é fácil encontrar um solução óptima, mas temos que encontrar uma solução que tente minimizar ou até eliminar algumas barreira que dificultem a acção das forças de segurança, nomeadamente os BOMBEIROS.

Com alguma perplexidade, registamos actos de vandalismo praticados sabe-se lá por quem, mas possivelmente por alguém que não sabe estimar o que é de todos, a rede que foi colocada para salvaguardar a integridade física dos residentes, junto ao lote 21 da rua Pedro Queirós Pereira, junto à barreira foi retirada, se o local já era perigoso, agora mais perigoso ficou, se cair alguma criança naquele local, de quem é a responsabilidade?

Nós População temos que começar a pensar melhor , não devemos estragar ou não deixar estragar, é sempre lamentavel estas práticas.

Agradecemos atenção desta situação grave e solicitamos, aos serviços da CML ou Junta de Freguesia do Lumiar  com a breviedade possivel a sua reposição !

Agradecemos a vossa visita, aguardamos para breve novidades, novidades essas que venham ao encontro nas nossas necessidades e ansiedades.  

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: